Mãe, pode chorar!


E aí amor, como foi o seu primeiro dia de aula? Estou perguntando pra você mamãe, que estava bem mais preocupada que o seu filho.  A sua criatividade já tinha acabado, mas as férias ainda não! Aí elas chegaram, as aulas.

Bem-vinda ao clube da angústia x alegria. O coração aperta, tenho que deixar meu pequeno naquele lugar onde os meus olhos não estarão presentes, as minhas mãos não poderão acalmá-lo, os meus ouvidos não ouvirão o seu choro ou aquela gargalhada gostosa de alegria que transborda.

A lágrima rola no rosto, você vira as costas e a vida precisa continuar. O tic tac do relógio é imperdoável. Preciso correr pra dar conta de tudo, porque o trabalho me espera, como sempre. Junto os meus pedaços e me refaço.

Chora mamãe. Pode chorar. As suas lágrimas são o amor em estado líquido que fortalece o vínculo com a vida real.

A cabeça está a mil por hora. Não estou lá, mas a minha mente está. Não consigo fazer o que preciso, só penso nele! O telefona toca, o coração vai pra boca….ufa! Não era nada demais.


Chegou a hora. Volto correndo, quero ver a carinha dele como vai estar. Ele me avista de longe, dá um sorriso, mas antes de vir para os meus braços ele olha atentamente cada criança que ali está, ansioso para participar de cada detalhe deste universo novo que a ele se apresenta com tanta intensidade.

Mãe, deixa ele voar! Agora finalmente você vai colocar as lindas asas que teceu com tanto cuidado, empenho e amor! Vista-o com estas asas, ele vai se sentir o máximo!

Mas coloque com confiança, para que ela fique perfeita e ele voe com liberdade, sabendo que no pouso de volta você vai estar lá, esperando por ele com os braços e o coração abertos! Assim como O nosso Pai amoroso!

Boa aula!

Por Drica Reis Coidealizadora do Mães com Fé. Publicitária, esposa, dona de casa e mãe.

0 visualização
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
Siga-nos nas redes sociais!

© 2023 by BINK. Publishers. Proudly created with Wix.com